Importação de materiais de construção Lda
pavimentos-banner-paginabanner

Pavimentos

PAVIMENTO FLUTUANTE

O pavimento é considerado “flutuante” quando não é colado na base em que é aplicado. Em comparação com pavimentos tradicionais, que são habitualmente fixos diretamente na superfícies através de cola, massa ou outros sistemas de fixação.

Este tipo de pavimentos é a solução ideal para renovação e reabilitação porque permite uma aplicação fácil, rápida e sem muita sujidade.

As suas principais vantagens são:

-Facilidade e rapidez de aplicação: Devido ao seu sistema de encaixe e facilidade de corte, basta aplicar a tela isolante por cima da base e começar a encaixar as réguas do pavimento entre si;

-Económico: A forma mais económica de obter um pavimento com o aspeto da madeira;

-Conforto: As suas propriedades isolantes proporcionam a este tipo de pavimento um conforto superior ao dos pisos cerâmicos;

-Isolamento Acústico: Quando devidamente aplicado com a tela isolante apropriada, o pavimento flutuante proporciona um nível de isolamento acústico ideal para apartamentos.

Existem pavimentos flutuantes em madeira e pavimentos flutuantes sintéticos.

Os pavimentos em madeira são habitualmente compostos por 2 ou 3 camadas de madeira natural. A mais superficial, também denominada por camada de desgaste é composta por madeira nobre.

Normalmente esta camada de topo já vem tratada com verniz, óleo ou cera. Contudo, é possível adquirir pavimentos em que a madeira nobre ainda não foi acabada, possibilitando assim a escolha do revestimento preferido.

Quando aparenta ter algumas marcas de uso e desgaste o pavimento pode ser afagado/lixado e revestido com o acabamento preferido, desde que a camada de madeira nobre não seja inferior a 4mm.

Os pavimentos laminados são compostos por várias camadas de material altamente resistente fundidas. O laminado tem uma vasta variedade de cores e texturas que imitam realisticamente madeira a um preço mais económico.

Notas importantes:

-Devido à sua baixa resistência à água, o pavimento flutuante habitualmente não deve ser aplicado em Casas de Banho, Cozinhas ou outros locais sujeitos a humidade. Contudo, existem soluções e alternativas como flutuantes de classificações superiores que já estão preparados para este cenário.

Primeiro deverá prever o tipo de tráfego a que a superfície irá estar sujeita para tentar perceber que tipo de características deverá ter o pavimento.

Saiba que os pavimentos flutuantes são classificados quando á sua resistência ao impacto através da escala IC1, IC2 e IC3 sendo a última opção a mais resistente.

Quanto á resistência à abrasão o pavimento é avaliado através das classificações AC1, AC2, AC3, AC4 AC5 e AC6 sendo esta última a opção mais resistente.

Em adição, é também classificado com base no tipo de uso a que será submetido. Para uso doméstico são utilizadas as classes 21 a 23 e para uso comercial as classes 31 a 33. Quanto maior for a classe, maior resistência terá o pavimento ao tráfego.

Assim, ao escolher um pavimento deveremos procurar pela seguintes características:

USO DOMÉSTICO:

  • AC1 (Classe 21): Adequado para áreas de tráfego muito reduzido – Despensas, Quartos, etc…
  • AC2 (Classe 22): Adequado para áreas de tráfego moderado com pouco uso e desgaste – Salas de Jantar, etc…
  • AC3 (Classe 23/31): Adequado para áreas de tráfego moderado – Salas de Estar, Corredores, etc…

USO COMERCIAL:

  • AC4 (Classe 32): Adequado para áreas de tráfego geral – Escritórios, Cafés, Cabeleireiros, etc…
  • AC5 (Classe 33): Adequado para áreas de tráfego médio a intenso – Restaurantes, Lojas, Escolas, etc…
  • AC6 (Classe 34): Adequado para áreas de tráfego muito intenso – Terminais de Aeroporto, Edifícios Públicos, Supermercados, etc…

Tela Isolante (Underlay) 

É a tela que deve ser aplicada diretamente sobre a superfície em que o pavimento será assente.

Existem várias opções com comportamentos e características diferentes como:

  • a Espuma de Polietileno com ou sem plástico – mais económica, menor prestação
  • a Cortiça Aglomerada – maior conforto
  • o SELIT PRO- melhor qualidade, isolamento acústico

Notas importantes:

É essencial a aplicação de uma tela que faça uma correta impermeabilização de forma a evitar problemas com humidade que possam afetar o pavimento.

Assim, recomendamos a aplicação de manga plástica na superfície a aplicar antes do assentamento da tela/underlay optada.

Gilhotina para Pavimento Flutuante

Essencial para cortar as réguas do pavimento flutuante sem as danificar.

Martelo

Necessário para empurrar e deslizar as réguas e garantir que encaixam corretamente entre si.

Pavimento Flutuante Laminado ou Pavimento Flutuante em Madeira

O pavimento escolhido deverá ser deixado 48 horas antes no local de aplicação, em embalagem fechada, de forma a adaptar-se á temperatura e humidade ambiente.

Rodapé

Perfil que faz o acabamento entre o pavimento e a parede.

Na escolha do flutuante preferido deverá também considerar se pretende que o rodapé seja da mesma cor. Se sim, recomendamos que o encomende ao mesmo tempo que o pavimento.

Se pretender de outras cores, saiba que existem rodapés em vários materiais diferentes:

  • MDF com Revestimento – Mais económico, menos resistência;
  • HDPS (Poliestireno de Alta Densidade) – 100% resistente á humidade, alta resistência ao impacto e passagem para cabos.

Perfis de Acabamento

Antes da instalação deverá considerar a as transições de pavimento entre áreas e encomendar os perfis adequados para o seu acabamento.

Os perfis poderão ser de:

  • Nível – Recomendado para a transição entre pavimentos diferentes à mesma altura e por baixo das portas a separar divisões
  • Desnível – Recomendado para a transição entre pavimentos de altura diferente.
    Exemplo: Transição entre pavimento flutuante do corredor para pavimento vinílico na cozinha ou casa de banho.

Manter o pavimento durante 48 horas, em embalagem fechada, na zona onde irá realizar a aplicação.

Verificar se as réguas não sofreram qualquer tipo de dano durante o transporte.

Limpar a superfície de aplicação, removendo sedimentos e qualquer outro tipo de detritos.

Desenrolar a manga plástica em toda a superfície de aplicação e posteriormente aplicar a tela isoladora (underlay).

Comece por aplicar as réguas da esquerda para a direita com o lado do encaixe macho voltado para a parede.

Mantenha uma distância de 8 a 10 milímetros entre a parede e a primeira fila. Este espaço será posteriormente tapado pelo rodapé e é essencial para preservar o pavimento aquando a sua expansão e dilatação.

Se lhe faltar comprimento para completar uma fila, não comece a aplicação com uma régua inteira mas sim com uma de tamanho inferior ao espaço que lhe falta para preencher essa mesma fila, de forma a que assim, a última régua já tenha uma dimensão superior.

Habitualmente, em cada fila, a ultima tábua é cortada, o restante é utilizado para iniciar a fila seguinte e desta forma manter as juntas desalinhadas entre filas.

De seguida aplique as réguas de lado ao outro da divisão em paralelo à primeira fila. Para isso, encoste em ângulo o encaixe macho no encaixe das réguas já assentes e pressione a régua enquanto a baixa até ouvir um clique. Posteriormente, utilize um martelo para deslizar a régua encaixada, em paralelo de forma a unir os topos entre réguas.

No fim de aplicar todas as réguas, deverá instalar os perfis de acabamento por baixo das portas e outros locais em que haja uma transição entre pavimento.

Para concluir, basta colar o rodapé em todo o perímetro da divisão.

Notas importantes:

-Manter sempre uma distância de 8 a 10 milímetros entre o pavimento e a parede. Este espaçamento ficará escondido debaixo do rodapé e é essencial para garantir a correta aplicação do pavimento.

-Para evitar danos no pavimento, é recomendado que qualquer corte seja feito com a Guilhotina adequada.

Consulte os nossos catálogos

Nestes catálogos poderá encontrar toda a informação que necessita sobre os pavimentos flutuantes que distribuímos.

PAVIMENTO VINÍLICO

O pavimento vinílico (LVT – Luxury Vinyl Tiles) é um revestimento altamente resistente, prático e higiénico.

Está disponível numa vasta gama de cores e texturas diferentes que imitam realisticamente a madeira, a cerâmica, pedra natural e outros materiais.

A sua resistência, propriedades impermeabilizantes e facilidade de limpeza, tornam o LVT a solução ideal para cozinhas, casas de banho e outros locais sujeitos a humidade.

Notas importantes:

-As suas propriedades tornam o LVT na opção ideal para pessoas que querem o mesmo pavimento em todas as divisões da sua casa.

constituicao-regua-gerflor-creation

1 – Tratamento de superfície PUR+
2 – Camada de desgaste transparente de 0,3 mm
3 – Design impresso
4 – Rede de fibra de vidro
5 – Subcamada compacta
6 – Sistema de bloqueio, clique ou banda autoadesiva dependendo do método de aplicação

O nosso pavimento vinílico (LVT) está disponível em 3 tipos de aplicação diferentes:

  • Colagem – Método de aplicação tradicional, colagem das réguas diretamente na superfície;
  • Clic System / Lock – Sistema de encaixe revolucionário que permite uma instalação prática e rápida;
  • X’Press – Método de colagem revolucionário, as réguas já incluem adesivo na sua base, permitindo assim uma aplicação rápida e fácil.

Após a escolha do método de aplicação deverá escolher a resistência necessária, ou seja, dispomos de 3 opções:

  • Camada de desgaste de 0,30 mm – Uso Doméstico, Tráfego Ligeiro (Quartos, Casas de Banho, Cozinhas, etc…)
  • Camada de desgaste de 0,55 mm – Uso Comercial, Tráfego Moderado (Escritórios, Pequenas Lojas, Residências, etc…)
  • Camada de desgaste de 0,70 mm – Uso Comercial, Tráfego Intenso

Consulte os nossos catálogos

Nestes catálogos poderá encontrar toda a informação que necessita sobre os pavimentos vinílicos que distribuímos.

MANUTENÇÃO DE PAVIMENTOS

AS NOSSAS MARCAS

Consulte também a nossa área de Marcas onde disponibilizamos catálogos, brochuras e flyers dos nossos parceiros.

CONTACTE-NOS

Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca n.º 110
2120-115 Salvaterra de Magos
Portugal
+351 263 505 296
Almácla - Importação de Materiais de Construção, Lda
Pavimentos 29 Março, 2017